O que é o Lemonade

O projeto Lemonade é um programa de pré-aceleração de startups realizado pela Fundep e Fundepar, co-realizado pelo Techmall, SEBRAE, FAPEMIG e Governo de Minas por meio do Simi. Em sua primeira edição, 27 empresas foram pré-aceleradas e, das oito finalistas, seis receberam investimentos e quatro estão em aceleração na Techmall. O sucesso e a evolução das equipes foram tamanhos que outras 8 rodadas do Lemonade já foram realizadas. Equipes multiinstitucionais e multidisciplinares já saem na frente na corrida por uma vaga. Os participantes selecionados trabalharão e se capacitarão durante dez semanas no Lemonade. Cada equipe trabalhará com uma demanda específica. Essa demanda poderá ser um desafio de uma empresa a ser resolvido, uma ideia, uma tecnologia, uma patente ou apenas uma invenção. 

O programa é subdividido em dois períodos:

Etapa 1: Modelo de negócio - Nesta fase, as equipes selecionadas trabalharão na validação da dor do mercado, solução e modelo de negócios.

Etapa 2: Mercado e Plano Financeiro - Na segunda fase, as equipes farão a análise de mercado e suas projeções financeiras visando o investimento. Além disso, as equipes que passarem para a segunda etapa terão apoio na captação de recurso via Sebraetec para desenvolvimento de protótipo ou negócio.

Posicionamento do programa no ecossistema

Hoje temos diversas ações de empreendedorismo completamente desconectadas e acontecendo ao mesmo tempo, sem qualquer organização lógica em um processo de contribuição do desenvolvimento de startups.

Na figura a seguir, temos uma ilustração que mostra a linha de desenvolvimento de uma startup e os programas disponíveis. A falta de conexão entre eles gera gaps (A, B e C) que dificultam a evolução dos novos negócios. Qual é o caminho de uma ideia que nasce no Startup Weekend ou no Programa Mineiro de Empreendedorismo? Qual o plano de desenvolvimento de uma empresa pós-programas de pré aceleração? Em uma perspectiva mais avançada, como uma empresa consegue acesso a investimento Série A após uma aceleração?

Todas essas perguntas ocorrem devido à falta de conectividade entre as ações existentes hoje em nosso ecossistema.

A missão da Fundepar, hoje, é mais do que investir em empresas com vinculo à Universidade. A Fundepar se propôs a cobrir esses gaps. Sem “reinventar a roda”, ela pretende conectar os atores e desenvolver novos negócios através dos "pilares”: inteligência, infraestrutura e recursos. Além disso, a Fundepar propõe e expansão dessa linha para maior adequação à realidade de tecnologias originadas da universidade, incluindo a pesquisa, a validação da pesquisa e a última etapa  onde o parque tecnológico será o destino das empresas formadas.

Para cobrir o gap “C”, a FUNDEPAR, recentemente, fez um aporte na aceleradora mineira Techmall S.A., tornando-a uma empresa do grupo Fundep. Com esta parceria, a Fundepar pretende conectar empresas aceleradas pelo Techmall  S.A. com recurso e gestão necessários para conectá-los com fundos Série “A” e, ao mesmo tempo, prover as empresas investidas pela FUNDEPAR com inteligência e infraestrutura de aceleração, eliminando assim o gap “C”.

Já o Lemonade (Programa Fundepar de incentivo ao empreendedorismo) vem cobrir de uma única vez os gaps “A” e “B”. O Lemonade aproveita o público formado nos programas da fase de criação (Startup weekend, Programa Mineiro de Empreendedorismo, etc.) para um programa de dez semanas. Nesse programa, as melhores experiências dos programas de validação e consolidação se unem à preparação financeira e de mercado (principal problema relacionado aos programas existentes, de acordo com fundos semente e aceleradoras) para formar startups fortes de tecnologias das universidades prontas para serem investidas e aceleradas.

As modificações propostas pela Fundepar estão representadas a seguir:

Modificação proposta pela Fundepar

A escolha foi criar um novo programa (Lemonade) e associá-lo a uma aceleradora específica (Techmall S.A.), pois ambos compartilham dos mesmos interesses. Os programas alternativos ao Lemonade, assim como as aceleradoras alternativas ao Techmall em Minas Gerais, não estão focados no desenvolvimento de tecnologias mais pesadas como biotecnologia, engenharia e química.

Tanto o Lemonade quanto o Techmall têm em sua missão o desenvolvimento de empresas de tecnologia hard e com raízes na universidade.

Entretanto, isso não significa que outros programas ou aceleradoras estejam fora do processo. A Fundepar tem intenção de formar uma rede da qual todos poderão participar dessa evolução concatenada do ecossistema mineiro.

Mentores
Equipe
Apoio de Aceleração
Realização
Co-Realização
Patrocínio
Investidores
Apoio